| Home | links do setor | associados | diretoria |
Escola SENAI “Maria Angelina Vicente de Azevedo Franceschini”

PAUL POIRET

(1879 – 1944)

Conhecido como o Imperador da moda da Belle Époque, Paul Poiret nasceu em Paris em 1879 . Era filho de um comerciante de tecidos. Desde a juventude, quando foi trabalhar em uma fábrica de guarda-chuvas, passou a se interessar pela moda e a vender seus desenhos de roupas.

Em 1906 Poiret provocou uma verdadeira revolução na moda. A grande inovação foi afrouxar a silhueta formal das mulheres, eliminando o espartilho e reduzindo o número de roupas íntimas.

Em 1910 a Companhia de Balés Russos esteve em Paris e após a apresentação de Shérazade, peça que exibia figurinos criados por Leon Bakst, uma onda de orientalismo invadiu a cidade. Poiret incorporou a tendência e adotou características com cores fortes, tecidos brilhantes.

Poiret afirmou orgulhosamente que a magia do oriente fora descoberta por ele há muito, mais precisamente em 1897, numa glamourosa exposição de tapetes do armazém Lê Bom Marche, que leva ao rubro os excessos do oriente, depois dos Balés Russos prepararem o terreno.

 

Bolsas com influência oriental-1911

 

As bolsas também foram influenciadas pelo orientalismo, retratadas através de bordados com cenas orientais. Em 1919, Paul Poiret, volta sua atenção para a criação de acessórios. Brocados, rendas, couros ornamentais, peles e inúmeras combinações foram usadas com suporte de madrepérola, marfim, prata e ouro, criando uma impressionante coleção de bolsas no começo do século XX.